Por: Rebeca Maynart | 2 Comentário(s)

Rebeca Maynart

quarta-feira, julho 25, 2018
"Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então." (Alice)

Não posso descrever-me, visto que, não me conheço. Nas minhas veias correm melancolia em forma de sangue, deprimida por natureza e feliz nas horas vagas. Sensível demais para um mundo tão duro. Há dias muito bons e há dias que preferia não ter saído da cama (uma força gravitacional mais forte que as leis da física que sugam-me para o buraco negro do vazio existencial).


Sou obcecada por Harry Potter e grande fã de Stephen King, também tenho vício por gastar dinheiro com maquiagem. Meus gêneros de filmes favoritos são suspense e sobre crimes (de preferência reais), também gosto de drama e documentários. Faço notas mentais de coisas sobre mim que constatei durante o dia antes de dormir, diante de análises profundas tentando me conhecer. Sempre sinto que preciso me justificar sobre tudo e isso é incrivelmente incômodo.

Vinte e um anos, controlada pelas emoções e impulsos que sempre arrependo-me depois. Impaciente, displicente e irritante. Faço piada o tempo todo, mas eu mesma não vejo graça em nada. Uma alma perdida que ainda não encontrou seu lugar no espaço.

2 comentários:

Tecnologia do Blogger.