Por: Rebeca Maynart | 0 Comentário(s)

O Café

sábado, março 04, 2017
O Café de Beira de Estrada começou com a necessidade dessa aspirante a escritora que vos fala voltar a escrever, para mim ou para o mundo. Rebeca, prazer. Em maio de 2013 eu criei a página no facebook, para postar os textinhos e devaneios de uma mente que dificilmente dormia. Queria um nome poético que me fizesse lembrar que a intensidade corre nas minhas veias e eu pudesse refugiar-me sem hesitar. Em julho de 2014 já não era o bastante e eu decidi que estava na hora de ir mais além, então criei o blog.

Nos primeiros meses, as postagens surgiam de eras em eras, só minha mãe e minha tia comentavam e se apaixonavam pelas minhas loucuras. Em algum momento, notei que tinha conquistado um público que sempre vinha tomar um Café e mergulhar nas palavras, que me apoiava e não me deixou desistir. Logo, em junho de 2015, comprei o domínio e tornei o Café ponto com ponto br, foi uma das conquistas que me deixou mais feliz. No início de 2016 o blog atingiu mil comentários e eu fiz um vídeo de agradecimento, sensação incrível!

Entre altos e baixos, sumiços e retornos recheados de desculpas esfarrapadas, crônicas e textos que eu não sei porque escrevi: cresci, amadureci, mudei, chorei e sorri (muito mais do que sofri). Esse universo trouxe para mim amigos incríveis que levarei para a vida, me inspirou a ser tudo o que eu quiser e apresentou-me escritores tão bons quanto podem ser.

Esse ano, 2017, conheci uma escritora maravilhosa que se identificou com minha melancolia, oceano de sentimentalismo e tamanha paixão pelos versos densos. Chris uniu-se a nós em março e veio para ficar o quanto quiser, compartilhar café, poesia e histórias de amor. 

Só tenho a agradecer a cada pessoa que em algum momento da jornada deixou um pouco de amor no pote de gorjetas do caixa, a cada um de vocês que vem nos visitar e curte a estadia, as portas e os braços sempre estarão abertos. Vocês são fantásticos.

Mil beijos!
Com amor,
Beca.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.