Por: Unknown | 2 Comentário(s)

La Tormenta, que significa tempestade




Significa “tempestade”, grande fúria do mar, águas voluptuosas. Significa desastre, angústia, dor. Significa a minha queda repetitiva todas as vezes em que eu cavei a minha própria ruína, tornando-me incapaz de desistir do que me feria. Nasci sob o manto impetuoso de um arquétipo de guerra, os astros decidiram que desistir não cabia em meu destino, fui feita para lutar, sou uma menina difícil de vencer, desde cedo aprendi a dar nós, segurar os laços com toda a minha guarra, para que não escapassem do meu fogo. Eu amo o que está em chamas. 

Não estava escrito nas estrelas que algumas vezes a corda simplesmente se arrebenta e não se pode lutar a cada rompimento. Eu tive que sair do meu corpo, segurar os meus ombros firmemente e dizer a mim mesma: “deixe ir, e vá também!”, mas eu nunca fui, sempre me derramei, deixando um pouco de mim em cada luta que tracei. E tantas vezes esse gênio impetuoso que habita em mim arrancou-me a paz, optando pelo sangue, em vez do empate. Desistir é o meu fraco, não o forte.

Eu nunca quis ser uma guerreira, eu só queria que aprendessem tudo o que eu sabia sobre doações e promessas. Estou sendo coesa nas metáforas? Quis escrever sobre a destruição desencadeada pela insistência, pela ausência do hábito moderno e saudável de desistir fácil demais. Se eu simplesmente soubesse me orgulhar do quanto dei de mim aos outros e cansasse de lutar pelas pessoas, da mesma maneira que desistem rápido de mim, teria me arruinado menos. Seria mais doce e os meus pulsos pesariam bem menos.

Se eu não fosse acostumada com tempestades obscuras e ventos tão atemorizantes, os meus textos falariam em maioria sobre técnicas de meditação e amores saborosos de verão. Sabe-se que o meu primeiro poema foi escrito aos doze anos, contava a história de um pescador, sendo atraído para o fundo do mar por uma miragem bela e feminina. A inclinação para a tormenta está no meu DNA, porque eu nasci para a guerra. E desistir não é o meu forte.

2 comentários:

  1. Meu deus, mulher, que texto lindo! " A inclinação para a tormenta está no meu DNA, porque eu nasci para a guerra. E desistir não é o meu forte." Viajei lendo e lembrando de cenas de Percy Jackson socorro kkkkk Parabéns, sua escrita é maravilhosa! <3
    Com carinho, Nina
    www.entremcc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Você tem uma bagagem de leituras enorme que floresce demais tudo o que lê, né? Eu amo isso. Grata pela presença <3

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.