Por: Rebeca Maynart | 6 Comentário(s)

Meu ponto fraco é você

sábado, março 31, 2018

Eu ouvi o som da sua voz cortar sutilmente o curto trajeto que separava seus lábios da minha orelha, enquanto sua respiração fazia flutuarem os fios de cabelo desprendidos ao lado do meu rosto, sussurrando seu amor. Ou mero desejo – a linha é tênue e discerni-los leva tempo, no momento em questão, uma densa e complicada mistura de ambos. Seu sorriso que, de longe, era sua maior arma, tão próximo de mim era o mesmo que puxar o gatilho na minha resistência. E a cada milímetro que seu toque percorria minha pele, era como um asteroide arremessado na minha atmosfera de autocontrole, tamanho seu efeito sobre mim.

Seus dedos sorrateiramente enfiados nos meus cabelo, seu cheiro, tão familiar, marcante e eternamente inesquecível, hipnotizavam meus sentidos e fazia-me refém do tesão. E ele sabia do poder que exercia sobre mim, soberano e irresistível, com meus olhos revirados ao golpe baixo do seu beijo no meu pescoço, meu corpo vencido às suas provocações. O mundo ao nosso redor se desfazia numa tela que pintava nossos corpos suados e inseparáveis, um sobre o outro; e se houvessem vidros, estariam embaçados: consequência à temperatura elevada e fôlegos acelerados.

Cobiçava seu sabor nos meus lábios tal como um homem no deserto aspira por água. E ao sentir o nectarino beijo descompassar meus batimentos e irromper minhas veias de sangue pulsante e excitado, tudo o que até então fora graciosamente sentido, dissimulou-se no bruto puxar dos cabelos e num lascivo aperto na bunda. Com ele, até os domingos mais enfastiantes exalavam vida e o planeta parecia pequeno para nossos cosmos. Foi com meu corpo em seus braços que constatei: não há estadia melhor em nenhum outro lugar dos quatro cantos deste e dos outros mundos. Foi com seus dentes mordendo minha pele que descobri: ali ficaria para sempre.

6 comentários:

  1. Uaaau !!!
    Que leitura interessante. Adorei !!!

    ResponderExcluir
  2. Amo ler textos assim, me cativa demais, você escreve muito bem

    ResponderExcluir
  3. Um dos textos mais emocionante e acabei lendo do início ao fim e quando cheguei ao fim até pensei que tivesse mais...
    www.robsondemorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Um texto intenso com uma escrita que se vela e desvela com alguns termos mais brutos. Achei bacana essa mistura, como a tensão sexual proporciona. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Que leitura intensa... Esse tipo de texto que implorase para não acabar.
    XOXOX

    ResponderExcluir
  6. Oi Rebeca!!
    Nossa, que texto maravilhoso. Você escreve muito bem, cheguei no final querendo mais. Parabéns!!
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.