Por: Rebeca Maynart

Eu gosto de quem sabe ficar

quarta-feira, agosto 03, 2016

Eu tenho um pequeno problema. "Pequeno" porque sou eufemista e não queria causar espanto anunciando meu defeito colossal: eu me entrego fácil demais. Essa cara de durona que segura qualquer barra e enfrenta o mundo inteiro não passa de faxada para afastar gente medrosa, eu sou um coração mole que sai acreditando no melhor das pessoas e mesmo com o pé atrás, rendo-me ao primeiro sinal de bondade. 

E não dá para ser diferente. Todos os dias prometo inutilmente a mim mesma que não vou mais acreditar em tudo que dizem, nem cair nas armadilhas de palavras encantadoras, mas é uma batalha perdida. Pior ainda é que todo mundo sabe, está escrito na minha testa, embora eu negue sempre que perguntam. Eu? Sentimentalista? De onde você tirou isso? Meu coração é uma pedra de granito!

Até parece.

Me dá um abraço apertado e um sorriso gostoso que já me ganha. Santa inocência! Maldita, na verdade. É que cansa essa coisa toda, é tão exaustivo, você sabe, "mergulhar de cabeça em pessoas rasas". E eu sempre digo, sou o Pacífico, sou intensa e não sei ser meio termo, se for para nadar, que seja no mais profundo oceano. O problema disso é que às vezes a gente se afoga. No meu caso, quase sempre.

Então, por favor, se você não tem a intenção de ficar, não entre para tomar uma xícara de café e me contar como foi o seu dia. Não pergunte sobre os meus sonhos ou o que tenho escutado no spotify. Se você vai embora assim que a chuva lá fora passar, ou quando aqui dentro começar uma tempestade, prefiro que não venha.

6 comentários:

  1. Ótimo texto, como de costume!
    Vc com cara de durona? Acho que não, as vezes talvez rsrsrs. E ninguém merece gente poça.
    Continue assim trazendo oceanos de questionamento e reflexão pra todos nós leitores :)

    ResponderExcluir
  2. TEXTO MARAVILHOSO COMO SEMPRE NÉ BECA ♥

    monologos-perdidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei
      [...]"que cansa essa coisa toda, é tão exaustivo, você sabe, "mergulhar de cabeça em pessoas rasas". E eu sempre digo, sou o Pacífico, sou intensa e não sei ser meio termo, se for para nadar, que seja no mais profundo oceano"[...]
      Excelente.
      Vc é excelente!
      Belíssimo texto

      Excluir

Tecnologia do Blogger.