Por: Rebeca Maynart | 11 Comentário(s)

Baú na Estrada: Você se esqueceu em mim

quinta-feira, março 24, 2016


O carro ainda tem teu cheiro. Aquele maldito perfume exportado que você não tirava do pescoço e eu amava agora é só mais uma das lembranças que eu gostaria de descartar sem remorso. Deixei as janelas escancaradas para o ar contaminado da cidade inundar meus pulmões e me roubar para longe do seu fantasma. Como se a cidade não estivesse impregnada de você e todas as paisagens não fossem mais um pedaço nosso.

Todas as rotas tão familiares não me deixavam fingir que não sabia exatamente para onde ia. Atirei o anel pelo vidro aberto em mais uma tentativa inútil de me livrar de você. E é claro que eu parei o carro dois segundos depois, desci frustrada e peguei a joia que nem se deu ao trabalho de esconder-se, estava lá, brilhando na calçada como se fosse a coisa mais valiosa do mundo. Acelerei, o vento supostamente esvoaçando meus cabelos (lê-se: deixando-me com a aparência ainda mais caótica), fazia-me sentir num videoclipe.

Os casais na grama do Parque da Cidade riam e beijavam-se, jogando a cabeça para trás e mordendo as bochechas um do outro. Ou seriam reflexos do nosso passado me assombrando? Não dava para saber. Juntei-me a eles, de longe mesmo, sozinha, recordando o piquenique que nunca aconteceu. Você traria a toalha e o lanche, fiquei encarregada do suco apenas. Pena que eu esqueci que você não gosta de açúcar nem na bebida nem no amor.

✎ Esse post faz parte do projeto "Baú na Estrada" em parceria com o John, do Baú de Canto, no qual postaremos em quartas alternadas um texto de acordo com tema sugerido um para o outro. O texto dele dessa semana você pode ler clicando aqui!

11 comentários:

  1. Que lindo Beca <3
    "Os casais na grama do Parque da Cidade riam e beijavam-se, jogando a cabeça para trás e mordendo as bochechas um do outro. Ou seriam reflexos do nosso passado me assombrando? Não dava para saber. Juntei-me a eles, de longe mesmo, sozinha, recordando o piquenique que nunca aconteceu. Você traria a toalha e o lanche, fiquei encarregada do suco apenas. Pena que eu esqueci que você não gosta de açúcar nem na bebida nem no amor"
    muito eu hahaha
    ta lindissimo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pelamordadeusa fala sobre big chop eu amo esse tipo de vídeo acho super inspirador

      Excluir
    2. Ai, muitíssimo obrigada minha flor ♥♥

      Hahaha vou falar sim *-* Nessa semana aí que vai começar... espero que goste ♥♥

      Excluir
  2. A melhor coisa foi ter feito esse projeto contigo. Você me inspira demais!
    Seu texto ficou foda, era exatamente isso! Cê sempre me surpreende e dessa vez não foi diferente.
    Acho legal que vou lendo e imagino todas as cenas na minha cabeça. Bom demais, Beca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teus comentários sempre me arrancam sorrisos e me deixam vermelha haha ♥♥
      Esse projeto nosso é tudo de bom mesmo ♥ Puro amor!
      Fico muito feliz que você tenha gostado *-* Obrigada pelo carinho de sempre, mil beijos ♥

      Excluir
  3. Mas tu é sempre destruidora em dona Roberta?!
    Os amores que nunca chegaram a ser amores são os melhores. ♥

    ResponderExcluir
  4. Oii Beca! Parabens pelo texto. Acho que sempre falamos sobre o que nao aconteceu com um toque de nostalgia no ar... Deu pra sentir sabe? Nao acaba sendo INCRIVEL quando a gente passa sensacoes, cores e cheiros por palavras? Voce tem o dom. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, amiga.
      Seus comentários sempre me deixam feliz ❤❤

      Excluir
  5. Menina que texto! E essa frase do final "Pena que eu esqueci que você não gosta de açúcar nem na bebida nem no amor." <3<3

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.