Sinestesia

segunda-feira, fevereiro 15, 2016

Fotografia: Anna Williams.

O suor escorre frio 
mas por dentro sinto-me incinerando
num desânimo sem tamanho
inconstante
sorrindo sem achar graça
quebrando todos os espelhos da casa
dormindo
para fugir da realidade
afogar-me no mar da insanidade
sonhando
dá um trabalho levantar da cama
sentir sem poder dizer que ama
você
mexe comigo
até queria estar contigo
mas nem dá
nem é isso na verdade
é o conjunto de tudo e essa minha vaidade
que não faz sentido algum
porque eu sou tão perdida
que nem me encontrei ainda
em mim mesma
a visão é turva
e eu corro na chuva
pra ver se a água do céu lava minha alma
e me cura.

You Might Also Like

21 comentários

  1. Adoro quando você se arrisca nos seus texto, poemas e afins ♥ Sempre fica lindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Kelly ♥ Tu sempre um amor *-*

      Excluir
  2. Um poema intenso. Não pude deixar de me identificar. É como se descrevesse com perfeição muitos momentos da minha vida. Melancólico e lindo.

    Beijos, Rebeca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohh, muito obrigada pelo carinho, Mayra, fico feliz que tenha gostado ♥

      Excluir
  3. "e eu corro na chuva
    pra ver se a água do céu lava minha alma
    e me cura"
    eu sempre

    lindo o poema, intenso e real

    beijinhos <3

    ResponderExcluir
  4. Que maravilhoso, Beca! Eu curti demaisssss! To só sentindo aqui, te juro que outra hora faço um comentário decente.
    Breathless.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu que é maravilhoso ♥ Muito obrigadaaaaaaaaa!!!

      Excluir
  5. Af, que lindo <3 Não sei nem o que falar, só sentir. Amo teus poemas, Beca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohhh muito obrigada, Mari *-* Fico feliz que goste tanto ♥

      Excluir
  6. TA QUE O PARIU, QUE SAUDADE DAQUI ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FDHGJLDS ♥♥♥♥♥ SUA LINDA SENTI SUA FALTA

      Excluir
  7. ♥♥♥ A tua intensidade me fascina, as tuas palavras são lindas e melancólicas, nem preciso dizer que amo isso... :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaaaaaah muito obrigada, Nessa ♥♥♥ Seus comentários sempre me deixam feliz!!

      Excluir
  8. Beeeeeca!! Adoro quando voce tenta algo "diferente" assim. Parabens pelo poema Beca, de verdade. Voce escreve com muita sensibilidade. <3 Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada becaaaaaaa ♥♥♥ Mesmo, me deixa feliz saber que gostou!

      Excluir
  9. Que poema mais intenso, amei!!
    "porque eu sou tão perdida
    que nem me encontrei ainda"
    me identifiquei sim ou claro??

    oh, wow, lovely ❁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ♥♥ Fico feliz que tenha se identificado (mesmo sendo tão melancólico rs), obrigada pelo carinho e bem vinda! ♥

      Excluir
  10. Oi Rebeca,

    Amo seus textos e os efeitos que eles causam em mim! Acho que acebei de me encontrar no teu poema haha

    Aaah, te indiquei em uma TAG no meu blog. Fique a vontade para responder se quiser.
    http://faladaraalves.blogspot.com.br/2016/02/tag-descobrindo-novos-blogs.html

    Beijoos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que amor, fico feliz demais que tenha gostado, muitíssimo obrigada ♥
      Eu respondi essa tag há alguns dias, mas obrigada pela indicação ♥

      Excluir