Os lindos olhos castanhos

quarta-feira, janeiro 13, 2016

só porque é uma linda imagem poética
Eu tinha jurado que abandonaria as madrugadas em claro e a mente acesa pensando demais em troca de dias mais produtivos, no entanto, você me obriga a te reescrever mesmo tão tarde da noite. E o que eu estou fazendo? Tentando aliviar a explosão de devaneios e incertezas que rondam minha cabeça e interferem na minha lucidez. Porque eu tenho um coração mole feito manteiga que se derrete ao primeiro gesto de gentileza. E que sangra - tá, não sangra, mas sofre - diante da indiferença. 

É que apesar de eu sair correndo do afeto, eu me desespero com a falta dele. Como se secretamente implorasse o cuidado e o amor, ainda que saiba que isso não se mendiga. É que Give Me Love é minha música favorita e você tem o abraço mais gostoso. Apesar de saber, lá nos meus confins, que isso é só porque eu preciso me enxugar e você é minha toalha molhada. 

Desculpa-me, eu, pela bagunça. Não você, eu. Eu preciso me perdoar pela zona que vivo fazendo toda vez que alguém faz meu coração palpitar. Como se não desse o maior trabalho ajeitar tudo depois dos terremotos que saem quebrando janelas, sentimentos e corações. Só um pouquinho de remorso por você. Por te gostar tanto assim e te dar tanta moral que você nem liga. Ou liga. Sei lá.

Eu ligo.

E é isso que me empurra do precipício que é minha queda por você.

You Might Also Like

14 comentários

  1. "É que apesar de eu sair correndo do afeto, eu me desespero com a falta dele. Como se secretamente implorasse o cuidado e o amor, ainda que saiba que isso não se mendiga." Mas ainda assim a gente mendiga, implora, rasteja quando se vê diante de sentimentos fortes. É quase que involuntário, quanto mais se luta contra, mais se vai a favor... Pelo menos em caso de sentimentos, comigo sempre foi assim rsrss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, a gente luta até o último resquício de esperança, de vontade.
      Comigo também rsrs.
      Obrigada pelo carinho, mil beijos.

      Excluir
  2. "Porque eu tenho um coração mole feito manteiga que se derrete ao primeiro gesto de gentileza. E que sangra - tá, não sangra, mas sofre - diante da indiferença." Uma coisa que me incomoda incansavelmente. A indiferença. Sei lá, se é pra ser é pra ser, não é? Ficar num meio termo é uma droga kk. Enfim, texto impecável ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém merece o morno mesmo, moça haha. Muito obrigada ♥♥ Mil beijos

      Excluir
  3. "Eu tinha jurado que abandonaria as madrugadas em claro e a mente acesa pensando demais em troca de dias mais produtivos, no entanto, você me obriga a te reescrever mesmo tão tarde da noite. E o que eu estou fazendo? Tentando aliviar a explosão de devaneios e incertezas que rondam minha cabeça e interferem na minha lucidez. "
    Não sei o que dizer, só sentir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua linda ♥♥ Amo seus comentários! Mil beijos

      Excluir
  4. Ah que lindo, Beca! Que falta senti do sentimento que tenho toda vez que leio um texto seu! Você passa e escreve as coisas de um jeito tão eu, que não sei definir o que eu sinto. Sempre sinto uma ligação muito estranha contigo por isso.
    Perfeito!

    Baú de Canto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, tu é mesmo um amor né. Eu é que senti tua falta me roubando sorrisos com esses comentários ♥♥ E o sentimento é recíproco.
      Muito obrigada pelo carinho, Jack, mil beijos!

      Excluir
  5. "Desculpa-me, eu, pela bagunça. Não você, eu. Eu preciso me perdoar pela zona que vivo fazendo toda vez que alguém faz meu coração palpitar." Isso é tão, tão eu. Cada vez me identifico mais com o que tu escreve. Ficou tão lindo que nem sei direito o que comentar <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz demais em saber disso, Mari ♥♥ Muito obrigada pelo carinho, mil beijos!!

      Excluir
  6. "Eu preciso me perdoar pela zona que vivo fazendo toda vez que alguém faz meu coração palpitar." ESSA FRASE DEFINIU MINHA VIDA.

    Eu me identifiquei tanto com esse texto (fora a parte de Give Me Love ser a música favorita, meio que não suporto ela, desculpa), você não tem noção. Felizmente não passo por alguma coisa assim já faz algum tempo, mas entendo como é (apesar de que as pessoas sentem de maneiras diferentes). Espero que você consiga se perdoar pelo teu próprio caos e que consiga superar todas as paixões não retribuídas porque elas só servem pra arrasar com a gente.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKK vou colar na parede do meu quarto.

      MIGA COMO ASSIM VOCÊ NÃO SUPORTA GIVE ME LOVE (tudo bem que depois de escutar ela dez milhões de vezes eu meio que enjoei um pouquinho também MAS) COMO? PQ?
      Desculpa. Não me contive, passou.
      Fico feliz demais que tu tenha se identificado e gostado ♥ E mais feliz ainda por você já ter saído dessa fase rs, vou conseguir sim, a gente sempre consegue. É quebrando a cara que aprendemos né? Não adianta o quanto nos digam, só acreditamos com o pé já enfiado na jaca.

      Mil beijos ♥ Obrigada pelo carinho

      Excluir
  7. EU NÃO AGUENTO TEUS TEXTOS, ELES ME DESTROEM (no bom sentido, tá?)
    Dessa vez eu não sei nem o que falar (não que eu soubesse nas outras), tuas palavras mexem comigo de uma forma que... foda.
    Tô indo ali colar esse texto na testa, rapidão.
    "Isso é só porque eu preciso me enxugar e você é minha toalha molhada." ~insira mil emoticons de coração aqui, obrigada~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AH MUITO OBRIGADA *-* Haha, bom, se você diz que é no bom sentido, fico feliz demais da conta em saber disso, moça ♥♥
      Muito obrigada VOCÊ pelo carinho, teus comentários sempre me arrancam sorrisos.
      ♥♥

      Excluir