Esse é meu adeus

domingo, dezembro 20, 2015


Depois das centenas de segundas chances, meu estoque (me) esgotou. Porque a gente foi tudo que poderíamos ter sido, porque a gente foi longe demais, ou de menos, para ser mais sincera. Da sua boca vazia de elogios, palavras rudes vez ou outra vinham à tona. Me tornei gelo por dentro, incendiando por fora. E eu não entendo porque você preferiu perder todas as vezes para perceber que era difícil demais estar longe de mim, do que me provar isso enquanto estava comigo.

Eu sei que não sou fácil de lidar, que aqui dentro é labirinto e no meu sorriso se escondem trinta milhões de mistérios. Entretanto, eu também sei que você se rendeu ao comodismo, absteve-se do esforço para isso funcionar, para a gente dar certo. Eu estava nadando sozinha contra a maré, porque as ondas refletiam o que eu já sabia: o nós tornara-se apenas eu e você há muito tempo. Contudo, eu tinha medo, medo de mais uma vez não conseguir ir em frente com minhas decisões. Medo de magoar e de sair ferida. É que eu também sou covarde.

Dessa vez, no entanto, a chance é minha. Eu preciso me dar a oportunidade de ser livre, de me desprender desse nó que não era mais laço. Um ensejo para me bastar, me gostar, me permitir. A saudade ainda ta hospedada aqui, disse que não vai embora, não ainda. Mas mesmo com esses machucados abertos e os band-aids por todos os lados, eu sei que estou melhor assim. Que o eu não opera mais com você por perto. 

Não é que eu não te ame mais, eu amo, eu só não gosto mais de você. Não desse jeito. O nosso café esfriou, o que não é ruim, porque nós bebemos o máximo que conseguimos suportar. Nós chegamos até onde pudemos chegar juntos, embora tenhamos parado de caminhar, a paisagem ainda foi bonita por muito tempo. Mas agora está na hora de conhecermos outros lugares. Está na hora de saber como é caminhar sem você.

You Might Also Like

12 comentários

  1. "Eu estava nadando sozinha contra a maré, porque as ondas refletiam o que eu já sabia: o nós tornara-se apenas eu e você há muito tempo.", uma das piores coisas que existem é quando você se dá conta que está sozinha num relacionamento, não é? Ou até mesmo quando está rodeada de pessoas. Por isso sempre prefiro aqueles que se fazem estar, porque o contrário disso de nada adianta. Texto incrível ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. "Por isso sempre prefiro aqueles que se fazem estar, porque o contrário disso de nada adianta." Amei.
      Muito obrigada moça ♥

      Excluir
  2. Amor tem que ser reciproco por que amar no singular não rola. <3 texto maravilhoso
    beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Nessa. E muito obrigada ♥ beijão

      Excluir
  3. Eita porra, toda vez que venho aqui dá vontade de acender um cigarrão e botar um Johnny Hooker de trilha *-*
    AHHAHAHA

    Incrível como você externa muito de coisas que vivi, vivo e sinto que ainda vou viver. Queria ter conhecido teu blog antes, agora fico ansiosa por cada postagem e assim caminha a humanidade HAHA.

    "Não é que eu não te ame mais, eu amo, eu só não gosto mais de você."...

    Parabéns, Beca. Cê é linda, meu! Sérião ;***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA adorei ♥

      Muito obrigada pelo carinho de sempre, Hell!

      ♥♥ Tu que é linda

      Excluir
  4. "Eu preciso me dar a oportunidade de ser livre, de me desprender desse nó que não era mais laço. Um ensejo para me bastar, me gostar, me permitir.'

    Não tem como vou sempre gostar do que você irá escrever tão certo quanto dois mais dois sempre será quatro.
    Beijo Beca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu sempre um amor ♥♥ Muito obrigada, Cami!!

      Excluir
  5. Às vezes chegamos a um ponto que percebemos que estamos sozinhos no caminho. A outra pessoa já soltou a mão, já resolveu pegar a estrada do lado. E não dá pra viver de comodismo. Ficou lindo, como sempre Beca ♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, então percebemos que temos que aprender a andar sozinhos. Muito obrigada, Mari ♥♥

      Excluir
  6. "Eu sei que não sou fácil de lidar, que aqui dentro é labirinto e no meu sorriso se escondem trinta milhões de mistérios." OINNNNNNN <3 Coracao nao aguenta taaaantas palavras e sentimentos profundos num so texto! Parabens pelo texto Beca. Acho mesmo que o comodismo reina nos relacionamentos e talvez seja ate o maior desafio... Aproveito pra desejar feliz nataaaaal e bom ano novo. Que 2016 triplique sua criatividade, pra eu ser beneficiada por aqui (claro) HAHAHAHA. Beeeijos

    http://www.verdadeescrita.com/dia-desses-2015/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ♥♥ Sempre maravilhosa, né? Muito obrigada, Beca!! Feliz ano novo atrasado e que seu ano seja incrivelmente bom s2 mil beijooos

      Excluir