Por: Rebeca Maynart | 0 Comentário(s)

A gente até ouve falar

terça-feira, julho 29, 2014

Estava pensando em mais algum desses dilemas cotidianos, depois de ler uma citação de Henry Thoreau, uma das minhas prediletas, por sinal. Então numa dessas utopias e debates internos, concluí algumas coisas - banais ou não, você decide.

Aproveitar não é fazer coisas clichês e absurdas só porque alguma vez alguém disse que isso devia estar na lista de todas as pessoas "legais". A cada dia eu tento amadurecer mais e ver as coisas de outro ângulo. Assim, descobri que aproveitar não é fazer algo que vá se arrepender depois, pois o peso do arrependimento é bem maior que o do proveito, que, por vezes, nem existe.

Então, “aproveitar”, no mais intrínseco dos significados, está nas coisas simples, como ganhar nas pequenas coisas e perder nas grandes. É sempre ter um outro lado da moeda, mesmo quando tudo parece ao avesso, desse modo, sempre é possível tirar proveito de algo, seja por experiência e aprendizado nas horas ruins, ou memoráveis recordações das horas boas. Acho ainda, que fazer alguém feliz traz mais felicidade que sempre buscar apenas a própria satisfação.

Aproveitar é isso, gastar cada segundo com cuidado, fazendo o que se gosta e o que se quer, desde que isso não implique machucar alguém (inclusive, a si mesmo).

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.