Por: Rebeca Maynart | 6 Comentário(s)

Transplante de amor

Na medicina, se o coração do paciente para de bater, por alguns minutos há ainda uma chance de trazer o corpo a vida; na poesia, a gente faz de tudo para manter vivo o que já morreu faz tempo.

Quando um médico perde um paciente ele deve declarar sua morte com o horário que aconteceu. Quando eu perdi você, me custou dois anos para perceber.

— Mais uma parada cardíaca, alguém traz o desfibrilador!
— Agora!
— Carrega nas 100 cartas de amor.
— Nada ainda.
— 200 músicas da nossa trilha sonora.
— Sem pulso.
— Os exatos 220 beijos maravilhosos que a gente deu esse ano.
— Não tem mais.
— Tenta de novo.
— Já foi.
— Mas...
— Perdemos esse.

Hora da morte: instante que você (me) partiu (em pedaços).

Declarada.

6 comentários:

  1. Eu li duas vezes porque foi muito profundo...Amém a comparação! parabéns pela escrita.
    Beijos!
    http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Belíssima (e extremamente criativa) a comparação! Meus sinceros parabéns.

    Boa sexta-feira para você!
    O Único Jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, flor.
      Perdão pela demora de responder.
      Feliz 2017.
      Mil beijos ♥

      Excluir
  3. Beca!!!! (!!!!!!!)

    Eu não to sabendo lidar aqui, calmaí.
    Já começo abaixando com os tiros em ''na poesia, a gente faz de tudo para manter vivo o que já morreu faz tempo.''.

    Agora, o que vem depois é ainda mais incrível.
    Achei de uma sutileza e agressão tão combinadas que fiquei arrepiado quando acabei de ler. Como é que pode isso?

    Extremamente criativo e diferente do costumeiro. Eu gostei demais. Mas o que mais gostei é que você sempre me surpreende, mesmo quando eu nem imagino que isso possa acontecer. Acontece. Recorrentemente.

    Você é demais.

    Um beijo ♥

    ResponderExcluir
  4. Eu demorei para responder, porque eu nunca sei como fazê-lo. Mas você sabe que me arrancou um sorriso imenso todas as vezes que li.

    Muito obrigada pelo carinho de sempre. Você é incrível (acho que digo isso toda vez que a gente se fala, mas é pra tu não esquecer).

    Fico muito feliz em saber que consigo te causar isso.

    Mil beijos ♥

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.