[...]

terça-feira, setembro 13, 2016

Esse post não é uma crônica, nem um poema ou um texto sobre o amor ou suas mazelas. É sobre mim. É sobre como estou tão cansada de coisas que eu ao menos sei o nome. É também um pedido de desculpas pela ausência, pelos comentários maravilhosos não respondidos e por sei lá mais o que. Ainda estou pensando se vou mesmo escrevê-lo e sequer publicá-lo, ser pessoal demais não é meu forte.

Eu sou melancólica, é uma característica inerente a mim, já aceitei. É o que me mantém viva e ao mesmo tempo me consome aos poucos. Há muitas pessoas a minha volta e ainda vejo-me sozinha. Quase que um fardo, na verdade, causando pequenos desapontamentos, decepcionando expectativas. Tudo bem que eu era a melhor aluna de física do colégio, como gosto de me gabar, e que matemática sempre foi minha especialidade, mas isso quer mesmo dizer que eu tenho que me dedicar aos números pelo resto da minha vida? "Mas você sempre foi tão inteligente", repetem outra vez. 

Eu não consigo mais sustentar a imagem que foi moldada para mim. Não consigo lidar quando não sou a primeira da turma, ou quando alguém me acha linda. Porque eu tenho sempre que ser a mais inteligente e porque nunca fui a mais bonita. Também não sei deixar as pessoas irem embora, revejo fotografias, reviro memórias e mando mensagens no meio da noite. Porque eu não sei lidar com a saudade.

Futuro. Deuses, essa palavra me assusta. Todo mundo tem planos, a maioria, ao menos, tem. Eu não sei se pretendo casar, tampouco penso sobre filhos, e não, eu não sei com o que quero trabalhar. E os ponteiros do relógio continuam girando, as páginas do calendário caindo e meu corpo inerte e pesado na cama se recusa a levantar. Eu não aguento o peso da minha angústia.

Aos poucos estou afundando-me num poço que insisto em continuar cavando, porque sair é muito mais difícil. Enfim, volto a dizer, ser pessoal demais não é meu forte.

You Might Also Like

10 comentários

  1. Que texto maravilhoso, não sei ao certo se sou melancólica ou sensível demais o que sei é que as vezes me pego pensando no passado sendo refém da saudade e imaginando o futuro que um dia disseram que eu teria, não sei se eu estou certa ou se eles estavam, o que sei é que continuo a seguir em frente. Amei flor, beijos!!

    Blog Floreios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas palavras e fico feliz que siga em frente, o futuro é mesmo algo só nosso e ninguém pode nos dizer como será.
      Mil beijos!

      Excluir
  2. O futuro assusta, dá medo, e causa ansiedade (ao menos pra mim). Ano passado eu estava cheia de coisas para fazer e decisões importantes para tomar quanto a ele, e bom, foi difícil. Consegui! Agora na universidade me pego pensando se estou no rumo certo, pq mesmo escolhendo o que mais me agradou ainda bate aquela insegurança com o futuro. Planejar é fácil, difícil é colocar em prática.
    Enfim, as coisas não precisam ser decididas agora. Senta e relaxa. Esquece um pouquinho os problemas e tenta colocar o interior em ordem.
    Desejo tudo de bom pra você!

    Beijos <3
    www.verifiqueapagina.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, muito obrigada. É bom saber que não estamos sozinhos né? Sempre vai haver mil coisas para fazer e decisões importantes para tomar, a gente só precisa aprender a lidar com elas.
      Obrigada de novo pelas palavras e boa sorte com seu curso ❤

      Excluir
  3. Beca, que lindo. Voce deveria/poderia escrever assim mais vezes. Parece que assim a gente te conhece melhor.. Estamos um pouco na mesma sintonia, ha um tempo eu escrevi sobre isso. Sobre todas essas cobrancas que eu to de saco cheio de TER QUE seguir/cumprir. Mas o mais bonito do teu texto (pra mim obvio) eh que mesmo um texto pesado, te senti esperancosa. E acaba sendo exatamente esse o motivo pelo qual eu me encanto com a producao textual... somos livres pra interpretar do jeito que queremos. Sera que nao deveria ser assim com a nossa vida tambem? (PAREI, JURO). Foi mal os devaneios, mas senti saudades dos teus textos guria. Beijo cheio de carinho pra vc. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom que você gostou, amiga! Você é demaaais, obrigada pelo apoio de sempre!
      E sempre estamos em sintonia *-* haha já reparou?
      Sim, esperança é tudo, é o qur nos move, e você é livre para interpretar como quiser. ❤
      Mil beijoooosss e muito obrigada!

      Excluir
  4. O futuro é bastante complicado, não é? A gente sempre fica naquela expectativa de "sei o que quero, mas não sei o que fazer" rs. Infelizmente, ou felizmente, ainda não sei qual dos dois lados é melhor, a gente se acostuma com essa pressão e vai dando tempo ao tempo. Uma hora as coisas se ajeitam e tudo fica bem. Espero que se encontre nesse mundão por aí, moça, e que, se quiser vir para o lado humanas da vida, venha aiuehaiueiuh. Não somos programados para seguir padrões e regras, temos liberdade de escolha e espero que consiga seguir seu coração ♥ Adorei teu texto-não-texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim mesmo, amiga. Muito obrigada mesmo! Que nos encontremos não mais perdidas por aí, que sejamos livres! Mil beijos ♥♥

      Excluir
  5. Pensar no futuro acaba nos deixando assustados, mas deixe que tudo tem seu momento certo, o que é seu esta reservado para você, eu sempre pensei como você e ainda penso até hoje, o que me deixa pra cima são as pessoas que estão ao meu redor, a alguns anos atrás não pensava que dali 4 anos eu estaria casada, seria mãe de uma princesa linda e teria a minha própria casa. Por isso eu digo, nada na vida é certo, a gente faz um plano e a vida acaba seguindo outro rumo. Só dou um concelho. VIVA, a vida é curta demais, aproveite ao máximo, você é linda SIM, tem TUDO pela frente, não se deixe abater, tenho certeza que muuuuuuuuitas pessoas te amam e querem seu bem. Eu também tão pouco sei lidar com a saudade, mas o medo fala mais alto, talvez de atrapalhar ou até mesmo receber um "Quem é você".
    Infelizmente nada é fácil de se lidar, mas talvez fosse horrível se tudo fosse fácil de mais. Enfim... Se cuida linda e não esqueça VIDA, não apensas sobreviva, pois tem muita diferença as duas coisas!

    Beijinhos (Seguindo amei seu blog)

    http://umamamaeescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava precisando ler isso hoje, muito obrigada, moça! Fico muito feliz pelas suas conquistas, esperançosa também, é verdade que a gente não sabe de nada mesmo e que tudo pode acontecer.
      Se cuida também! Muito obrigada e mil beijos s2

      Excluir