Por: Rebeca Maynart

Teu encanto feito à mão

domingo, agosto 28, 2016

Teu corpo é poema 
versos da alma
e tuas curvas são estrofes
com letras desenhadas

Teu quadril se move no caminhar
como se dançassem uma valsa silenciosa
e as marcas do tempo são para lembrar
que toda sereia tem escamas 

Teus olhos carregam centenas de estrelas
e teu sorriso uma lua
Quisera você saber
a magia que carrega na poesia tua

Engole todo esse amor
que distribui por aí
se ama por dentro
e transborda pelos teus sonetos.

10 comentários:

  1. Oi Beca! Parabens por remeter o post com uma foto tua. Achei muito delicado. E eu achei a minha metade que carrega nos olhos todas as estrelas que existem.. HAAHAHAHA (dei uma exagerada). Mas tuas palavras me deram calor no coracao. Parabens. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!!
    "as marcas do tempo são para lembrar que toda sereia tem escamas". Sim! <3
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Beca!!
    Esse post tá incrível! O poema tá arrepiante, sua foto maravilhosa encaixou tão perfeitamente. Te juro que imaginei tanta coisa entre um e outro.
    Cê é demais ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Socorro que saudade de ti!!! Muito obrigada, Johnny <3
      Você que é demais

      Excluir
  4. Demorei um tempo pra poder começar a leitura... Difícil tirar os olhos da imagem que vinha logo acima. Tomei coragem e parti pro texto, incrível a forma como se autorretrata, como sempre me encantando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podia ter deixado seu nome, né anônimo? ♥ rs
      Muito obrigada, moço/moça (?) ♥♥

      Excluir

Tecnologia do Blogger.