Por: Rebeca Maynart | 2 Comentário(s)

O que eu curso na faculdade?


Hoje é segunda-feira e seria um ótimo dia pelo simples fato de ter aula na faculdade, mas bom, é segunda-feira e a faculdade está em greve. Será que alguém gosta de segundas? Feiras, intenções, opções... Segundas não tem um bom histórico, é o que dizem. No entanto, segunda o tema é livre (adivinha quem começou um blog planner para ajudar com as postagens?) e eu resolvi compartilhar um pouco do meu curso, porque muitas pessoas desconhecem do que se trata e tem dúvidas a respeito. Estou no primeiro semestre de Sistemas de Informação na faculdade estadual da minha cidade, que embora esteja em greve há alguns meses, eu ainda fico feliz por estudar lá.
Bom, para começar esclarecendo, há três cursos na área da computação e muita gente os confunde, são eles:

Ciências da computação - Aborda de forma aprofundada os conceitos e teorias da computação. Também foca no desenvolvimento de Softwares, linguagens, fundamentos da computação e algoritmos.

Engenharia da computação - Dos três cursos, é o com maior embalsamento voltado para o Hardware. Como, por exemplo, produzir peças e componentes para máquinas ou equipamentos automatizados, criar sistemas que integram hardware e software e planejar e montar computadores.

Sistemas de Informação - O aluno de S.I. terá maior facilidade em lidar com o planejamento e desenvolvimento de sistemas, resolução de problemas e programação. Aborda bastante disciplinas de linguagens de programação e algumas matérias das áreas humanas para melhorar os relacionamentos com os clientes.

Porque eu escolhi S.I.?

Para falar a verdade, a data de inscrição do vestibular já estava acabando e eu ainda não sabia o que fazer. É enlouquecedor, seu terceiro ano estar acabando e você não para de pensar que ainda não decidiu o que quer fazer pelo resto da vida. A não ser, é claro, que você seja o tipo de pessoa que nasce determinado a seguir tal profissão, também conhecido como: sortudo pra... caramba! 
Então, eu vi as opções de curso e fui por eliminação, e com isso eu quero dizer: eliminar todos os cursos da área de humanas/ciências biológicas e qualquer coisa que não fosse com cálculo. Não que eu seja expert em matemática, mentira, eu sou sim (brincadeirinha), mas certamente eu não me dou bem com essas matérias teóricas. Bom, sobraram alguns cursos, eu até deixei psicologia que era algo que eu também queria fazer, mas no fim das contas eu pensei "cara, eu passo a maior parte do meu tempo no computador, vou fazer algo relacionado a isso". E eu coloquei S.I., apenas por colocar, não achava mesmo que fosse passar. Mas, pasmem! Eu passei.

Até o primeiro dia de aula eu me perguntava se tinha feito a escolha certa, eu até pesquisei a respeito, mas não parecia algo que eu ia querer trabalhar durante o resto dos meus dias (que dramático). Mas depois da primeira semana de aula eu tive certeza que estava no lugar certo e fiquei muito feliz pela sorte de ter acertado mesmo pensando que estava errando. Me identifiquei com o curso, as pessoas que estudam ele comigo, os professores e a faculdade em si. Por isso eu digo para fazer o que gosta não pensando apenas no salário, claro que dinheiro é bom demais, mas não é tudo. O prazer de estudar algo que você ama compensa bem mais!

E por fim, minha dica para quem ainda não sabe que carreira seguir: Pense no que você gosta de fazer, nos seus hobbies, no que você é bom e anote. Então, veja que relação essas coisas tem entre si, analise, pesquise, há um universo de cursos e profissões que saem do comum que todos já conhecem. Analise as grades dos cursos, pense em algo que você se imagina trabalhando. E se você ainda não encontrou algo que faça seus olhos brilharem, continue procurando, se arrisque e saia da sua zona de conforto! 

Primeiro post do projeto Blogueiros Universitários (clique e confira), onde compartilhamos nossas experiências com o nosso curso, dicas e tudo mais. Um beijo cafeinado!

2 comentários:

  1. Às vezes considero fazer Sistemas de informação! Tenho muito interesse pela área de informática, e considero também ciência da computação. Ou jornalismo! Hahaha tenho muita dúvida ainda. Esse ano quero muito fazer um curso de web designer, acho demais <3 Eu estou no 4º e último ano do técnico em química (se tivesse no ensino médio normal já teria me formado) e então tive sorte por ter mais um ano pra pensar, mas ainda não me decidi. Acabei fazendo o técnico em química porque era o que mais me interessava da escola que eu queria estudar. Gosto mas não me vejo trabalhando com isso... E é bem difícil escolher mesmo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passei exatamente pela mesma coisa, tirando a parte do técnico e de gostar de química (eu até gostava até a matéria tomar um rumo teórico muito chato kkk). Eu pretendia fazer Ciências da Computação, até mesmo trocar o curso de SI no ano seguinte, caso não fosse mesmo o que eu queria, ou fazer jornalismo (eu amo essa área), mas no fim das contas SI era mesmo o que eu queria. Também pretendo fazer um curso de web designer, só não tenho planos para quando, haha.
      A diferença não é muita quando se fala de ambas, é bom dar uma olhada nas grades e ver qual te interessa mais, ambos são ótimos cursos! Espero que encontre o que te faça bem, um beijo!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.