Eu senti sua falta, mas só até o fim do texto

quarta-feira, outubro 05, 2016

Eu admito que estou cansada de escrever-lhe textos e e-mails que não serão enviados, palavras que você não vai ler. E no entanto, é o que me resta depois que você foi embora sem se despedir. Você ainda está lá, mas não está mais, se é que isso faz algum sentido. Permitir que você me amasse [se é que um dia amou] foi, quiçá, o maior erro que cometi. Porque depois disso nada mais foi como antes. Eu não sou mais a mesma, tampouco você. Perdi um amor. Perdi um puta de um amigo.


Eu redecorei todo o meu quarto e a primeira pessoa que eu queria que visse foi você, mas eu respirei fundo e mandei uma foto no grupo da família. Vou mudar o cabelo... novamente, acredita? E é uma droga não ter sua opinião dessa vez. Tenho passado as madrugadas acordada fazendo centenas de planos, enchendo minha cabeça com essas coisas do futuro que você sempre me mandou fazer, mas eu não posso mais te contar, porque você simplesmente não está lá. Você apenas não é mais a mesma pessoa que eu conheci sei lá quantos meses ou anos atrás e é árduo pra caramba para mim, aceitar isso.

E é por isso que eu continuo escrevendo os textos. Não por você, essa é a minha maneira de te deixar ir. É como eu digo adeus, escrevo até não haver mais nada a ser dito, até que eu me convença de que o ponto final no fim do último parágrafo não é mais uma reticência. É assim que eu faço minha poesia. Eu te dou minhas letras, minhas vírgulas, meus advérbios de intensidade e, por fim, um ponto final só seu.

You Might Also Like

5 comentários

  1. "Eu te dou minhas letras, minhas vírgulas, meus advérbios de intensidade e, por fim, um ponto final só seu."

    Coisa mais linda é o seu jogado nas entrelinhas. <3

    ResponderExcluir
  2. Também fiquei achando que perdi um amigo. No final das contas, pelo menos no meu caso, só eu era a amiga. Foi melhor assim. Sem mais reticências, só o ponto final.

    Menina, que texto lindo, inspirador.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou apaixonada por seus textos. São tão maravilhosos! ♥

    ResponderExcluir
  4. Eu já li esse texto 84 vezes e não sei porque, mas sempre acabo não comentando por achar que já comentei?????
    Enfim, ignore.

    ''É como eu digo adeus, escrevo até não haver mais nada a ser dito''.
    É. ISSO.
    Já falamos sobre isso e é simplesmente o que acontece. Muito louco saber que não sou louco.

    ''e, por fim, um ponto final só seu.'' PAH

    Farb, cê é a melhor pessoa dessa blogosfera. BEIJÃOOO
    Hahahah

    ResponderExcluir
  5. Me identifiquei tanto que doeu, obrigada por esse texto, continue escrevendo. <3

    ResponderExcluir